Expressões Japonesas

Tem quantos “EU”s no japonês?

Minasan, Ohayô, Kon’nichiwa, Konbanwa!

pose_kyosyu_girl @いらすとや

Sabia que o idioma japonês é um dos idiomas que mais tem variações da palavra “EU”?

Abaixo alguns exemplos.

Watashi, watakushi, atashi, atakushi, boku, ore, uchi, jibun, washi, wai, oira, oidon, ora…

Reconheceu algum?

Na verdade, não há um número oficial para a palavra EU no japonês.

Mas o que se sabe é que ao escolher um tipo ou outro direciona a impressão que o ouvinte terá do locutor. Pois há palavras adequadas para as mulheres, para homens, para crianças, para situações formais, informais, de acordo com a posição social e entre outras situações.

É por esta palavra que também é formada a primeira impressão da pessoa. Por exemplo a palavra 私 (わたし – Watashi) é o primeiro Eu que muitos aprendem num curso do idioma japonês. Isso por que é uma palavra neutra e polida. Mas no dia a dia é mais usada por mulheres e os homens usarão em momentos onde ele precisará demonstrar mais polidez em suas palavras. Então como os homens falam o Eu no dia a dia? Para os homens, então, haverá a opção 僕 (ぼく – Boku). Lembrando ainda que isso ainda é um exemplo apenas.

Culturalmente a palavra Eu no japonês indica quem é a pessoa perante a sociedade e qual o tipo de ligação a pessoa terá com a outra. Por esse motivo, uma mesma pessoa poderá variar o uso do Eu conforme a situação que ela se encontra.

Por exemplo um homem adulto. Dentro do seu relacionamento pessoal poderá usar Boku no dia a dia. Mas no seu ciclo profissional usará mais o Watashi. E ainda, se ele é de origem de alguma região com sotaque forte, poderá usar ainda mesmo o Eu típico daquela região.

Através dessa separação, ele estará mostrando como ele se vê em cada situação e como ele gostaria que os outros o vissem.

Atualmente, essa divisão está um pouco mais branda e em muitos casos as pessoas usam o Eu conforme preferências no seu âmbito pessoal. Mas antigamente, a seleção do uso era mais rígida e por esse motivo era fácil a identificação de seu posicionamento social e/ou região de origem.

Numa relação simples:

Masculino: Watashi (polido); Boku (educado/ dia a dia); Ore (informal e mais jovial)

Feminino: Watashi (polido/ dia a dia); Atashi (dia a dia)

Idosos: Todos acima; Washi (dia a dia)

Crianças: Se identificar na terceira pessoa; Atashi (se menina); Boku (se menino)

Situações profissionais: “nome da empresa” no mono desuga (na hora de se apresentar como alguém de alguma empresa)

E podemos aumentar esta lista ainda mais.

Então, qual será o seu Eu para o dia a dia?

Normalmente uso o Watashi, mas quando me relaxo e vou falar a respeito de posses pessoais, acabo usando o Uchi.

Mata ne!

 

Deixe uma resposta