Idioma japonês

Yojijukugo – Expressões feitas de Kanji

Minasan, Ohayô, Kon’nichiwa, Konbanwa!

 

Lembram que os Kanji’s representam significados? Por isso podemos escrever bastante coisa com poucas letras.

Então os japoneses e os chineses começaram a se aventurar.

Palavras de um kanji só, de dois, três e quatro kanji’s.

Os de quatro, são chamados de 四字熟語 (よじじゅくご – YOJIJUKUGO).

Essas expressões, apesar de já existirem há um bom tempo, só foi compilada e nomeada YOJIJUKUGO apenas na década de 80 pelo jornalista Kenshiro Shinto.

scannable-document-on-may-24-2019-17_47_28
@OniShodo

Mas voltando ao YOJIJUKUGO.

A graça está em colocar lições, descrições, histórias, entre outras expressões em apenas 4 letras, como alguns exemplos abaixo:

十人十色 (じゅうにんといろ – JÛNIN TOIRO): “10 pessoas, 10 cores”. A lição por trás dessa expressão é a diversidade. Pois para cada um, há uma cor. A cor aqui representa a personalidade e/ou qualquer coisa que represente a individualidade das pessoas.

春花秋月 (しゅんかしゅうげつ – SHUNKA SHÛGETSU): “Flores da primavera e Lua de outono”. Esta expressão descreve o que há de mais belo na natureza. As flores na primavera estão no seu auge e a Lua no outono aparece de forma límpida e imponente.

dad65ca43a4080af3b1cb4602db5117f_t@photo-AC

 

Alguns outros descrevem o que desejam a si mesmo, como alguns exemplos abaixo:

七転八起 (しちてんはっき – SHICHITEN HAKKI): “Cair sete vezes, levantar oito”. Esta expressão representa a perseverança. Pois mostra que podem nos derrubarem muito (até mesmo sete vezes), mas com esforço levantaremos firmemente, (até mesmo oito vezes).

一石二鳥 (いっせきにちょう – ISSEKI NICHÔ): “Uma pedra, dois pássaros”. Ou seja, com uma única ação obter dois ganhos.

Há milhares de combinações possíveis. Lembram do Jûnin Toiro? Da mesma forma que há uma cor para cada pessoa, por que não ter um monte de combinações? As combinações podem ser de acordo com a experiência de vida de cada um.

É comum que os japoneses tenham os seus favoritos.

Que tal procurar um que combine com você? Eu já tenho os meus.

Mata ne!

Deixe uma resposta